short cuts

Coisas que acontecem em Gurgaon…

# Luís tem um professor de yoga que vem à nossa casa em média três vezes por semana. Ele fica sentado enquanto o Luís se exercita, fazendo a contagem e dando as instruções. Certo dia, devendo estar um pouco entediado de olhar as mensagens do celular, o “yogi” perguntou ao Luis se podia usar o computador dele emprestado para olhar uns emails. Então, enquanto Luís fazia o famoso “surya namaskar” (a saudação ao Sol!), o guru atualizava seu status no facebook.

# Nossa amiga Cibele, outra moradora de Gurgaon, contou que um dia seus amigos pediram um pizza por telefone. O entregador veio, recebeu o dinheiro e foi-se embora. Quando eles abriram a caixa, faltava um pedaço! Como reclamar?

# O antigo motorista um dia ligou desesperado para o Luis dizendo que algo havia acontecido. Ele estava em Delhi, esperando nossos amigos Malê e Rosen na estação de trem. O sujeito simplesmente debandou e foi correndo até o escritório do Luis. Disse que a mãe havia falecido e que ele precisava voltar urgente para o Bihar, onde fica sua cidade natal. Claro que pediu 20 mil rúpias (cerca de 800 reais) emprestadas. Por sorte, o Luís não tinha dinheiro e pediu que ele viesse buscar o valor comigo, na nossa casa. Ficamos consternados com a morte súbita da mãe do rapaz, que não indicava até então nenhum problema de saúde. Eu esperei a manhã e a tarde toda, e nada de ele aparecer. Até que me ligou a moça do escritório do condomínio, perguntando se o telefone do motorista tinha mudado. Eu disse que sim e passei o novo número. Então ela me diz: é que a polícia está aqui desde cedo, esperando por ele, mas ele não apareceu. Mas, não se preocupe, eles disseram que é algo confidencial. Pode ficar tranquila. A polícia ficou aqui até tarde da noite, e o sujeito nunca mais apareceu…

3 Comentários

Arquivado em relatos

3 Respostas para “short cuts

  1. marianaoli

    Se não fosse trágico seria comico, ou melhor, se nao fosse comigo seria trágico! Cenas que só poderiam acontecer na Índia…
    Finalmente estou lendo White Tiger e por algum motivo me lembrei do seu ex motorista…que loucura hein!

  2. Liliana Camali

    Ju querida;
    Que cara da pau esse professor de yoga!
    O pior foi o motorista, ao menos voces se livraram de um vigarista.
    bjks
    liliana

  3. Claudia

    Esse yogi…. Amei Ju, agora tem que escrever sobre as aventuras do senhor Mukesh🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s